257bet

Capa do Álbum: 257bet
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
257bet
Ícone seta para a esquerdaVeja todas as Notícias.

Conheça a história por trás de Hurricane, de Bob Dylan

A famosa música de protesto denuncia as injustiças norte-americanas

Placeholder - loading - Bob Dylan - Getty Imagens
Bob Dylan - Getty Imagens

Publicada em  

Bob Dylan é certamente uma das figuras mais influentes da música. O artista ficou internacionalmente famoso por seu estilo único, que lhe rendeu em 2016 o Prêmio Nobel de Literatura por “criar novas expressões poéticas dentro da música americana”.

O talento do cantor não foi utilizado somente em benefício próprio, tendo ele tomado partido diversas vezes com relação a causas sociais transformadas em músicas, como The Lonesome Death Of Hattie CarrolleMasters of War.

Porém, a mais famosa dessas canções é, com certeza, Hurricane, que conta a história do caso de Rubin “Hurricane” Carter:


Entenda mais sobre o caso Rubin “Hurricane” Carter

Tal como descrito na letra, Rubin Carter e seu amigo John Artis foram acusados pela polícia por um crime que não cometeram: um homicídio num bar em Nova Jersey, nos Estados Unidos. Após 17 horas de interrogatório, sem provas e sem serem reconhecidos pela vítima que sobreviveu do incidente, ambos foram liberados.

Meses depois, para poderem escapar de serem pegos por estarem roubando um armazém naquela mesma noite, os bandidos retratados na música Al Bello e Arthur Bradley, que foram testemunhas do crime do bar, mudaram suas versões para incriminar os dois homens, que foram presos e tiveram evidências forjadas sobre o caso.

Com isso, Carter e Artis foram presos e sentenciados à prisão perpétua. Após anos preso, em 1974, o ex-boxeador publicou sua autobiografia, que no ano seguinte foi finalmente lida por Dylan e transformada num hino de protesto motivado por uma profunda indignação.

A composição e a denúncia

Para estruturar bem a crítica e garantir que a voz de Carter fosse ouvida, Bob Dylan trabalhou com Jacques Levy, que o ajudou a construir a canção como uma grande narrativa (e grande mesmo, afinal o resultado final possui oito minutos).

Patricia Valentine, na música retratada por Pattie, chegou a processar o cantor sob a acusação de que a música a fazia parecer parte da conspiração contra o lutador, contudo a acusação foi recusada.

Com um show beneficente realizado logo antes do lançamento do álbum Desire, no qual a faixa estava presente, Dylan conseguiu angariar mais de 100 mil dólares para a defesa de Carter, que ganhou o direito a um novo julgamento em 1976.

Apesar dos esforços, Carter foi novamente considerado culpado, seguindo com sua sentença de prisão perpétua.

O desfecho

Anos depois do segundo julgamento, em 1985, o juiz Haddon Lee Sarokin viu que Carter não tinha recebido um julgamento justo, revertendo sua sentença e garantindo a ele o direito a um Habeas Corpus.

Caso você esteja se perguntando qual foi o desfecho da história de John Artis, o outro acusado, ele saiu em condicional cinco anos após o segundo julgamento, em 1981.

Em sua liberdade, Hurricane foi morar no Canadá, se tornou um cidadão do país e atuou como diretor da Associação em Defesa dos Falsamente Acusados até 2005 e palestrante motivacional. Rubin Carter faleceu em 2014, vítima de um câncer.

Veja também:

Turismo virtual: visite museus famosos sem sair de casa

Tesla promete lançar modelo mais acessível financeiramente até 2025

Escrito por Luccas Franco Comitre

    Últimas Notícias

    1. Home
    2. noticias
    3. conheca a historia por tras …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.

    257bet Mapa do site