257bet

Capa do Álbum: 257bet
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
257bet
Ícone seta para a esquerdaVeja todas as Notícias.

Artista da Semana: Céline Dion é destaque na programação

Cantora é dona de faixas como “My Heart Will Go On” e “All By Myself”

Placeholder - loading - Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Publicada em  

Céline Dion nasceu no Canadá, em 30 de março de 1968 e é a mais nova de 14 filhos. Seus pais tinham ascendência francesa e eram muito pobres. Segundo a própria cantora, sua infância foi marcada pela carência mas também pelo amor.

Imagem de conteúdo da notícia "Artista da Semana: Céline Dion é destaque na programação" #1
Toque para aumentar

Com apenas 5 anos de idade, Céline Dion teve seu primeiro contato com a música. Na época, a cantora se apresentou com suas irmãs em um bar que pertencia a seus parentes.

Já aos 12 anos, Céline compôs sua primeira canção, na época em francês. Um de seus irmãos compartilhou a faixa com um produtor local e o empresário decidiu apostar na jovem. Ele, então, hipotecou a casa para poder arcar com os custos da produção de seu disco de estreia, crente que os bons frutos viriam.

Após esse primeiro disco, outros oito vieram e todos emfrancês, fator que limitava o público e o alcance de Céline. Foi então que ela começou a aprender inglês, na tentativa de ampliar seus horizontes.

Então, em 1990, dois anos após o domínio da língua inglesa, Céline Dion lança seu primeiro álbum em inglês: “Unison”. Destaque desse projeto foi a faixa "Where Does My Heart Beat Now", que alcançou o Top 10 na Billboard Hot 100 dos Estados Unidos.

Imagem de conteúdo da notícia "Artista da Semana: Céline Dion é destaque na programação" #2
Toque para aumentar

Em 1992, Céline Dion recebeu uma grande prova de que havia se estabelecido no mercado internacional e que já era uma figura de peso: recebeu um convite da Disney. Ao lado de Peabo Bryson, a cantora foi escolhida para interpretar a música tema do filme “A Bela e a Fera”.



A canção foi recebida como um bom clássico deve ser: muita comoção do público e avaliações fortes da crítica. “Beauty And The Beast” recebeu um Oscar por Melhor Canção Original e um Grammy Award por Melhor Performance Pop de Duo ou Grupo.

Além disso, as influências rítmicas desse dueto foram régua para Céline definir como seria seu próprio estilo musical agora como figura internacional: abrangente e clássico, influenciado por baladas com instrumentos leves.

O ano de 1993 reservou o lançamento de “The Colour of My Love”, terceiro álbum de estúdio em inglês, de Céline Dion. O álbum foi todo tomado pela temática romântica e amorosa. Isso porque, naquela altura, a cantora assumiu publicamente seu relacionamento com René Angélil.

Na época, a revelação deu o que falar porque René era empresário de Céline desde o começo de sua carreira, ainda na infância e porque havia uma diferença de idade de 26 anos entre os dois.

Porém, isso não foi empecilho algum ao casal e também à mídia e imprensa. Os dois se casaram em uma cerimônia para lá de extravagante que foi transmitida ao vivo pela televisão canadense.

Imagem de conteúdo da notícia "Artista da Semana: Céline Dion é destaque na programação" #3
Toque para aumentar

Em 1997, Céline Dion atingiu o que podemos chamar de ápice de sua carreira. Na época, ela interpretou a música tema do filme Titanic,“My Heart Will Go On”.

A música ocupou o topo das paradas do mundo todo e ainda venceu Grammy Awards e Oscar. Além disso, a música entrou na memória afetiva do público de uma maneira quase nunca antes vista.

Ainda sobre premiações, além de vencer uma categoria, Céline Dion ainda se apresentou no Oscar de 1998 usando o colar azul, peça chave no enredo de “Titanic”, que também foi contemplado com 9 estatuetas.



“My Heart Will Go On” entrou para a tracklist do álbum “Let's Talk About Love”, que também contém outros clássicos da carreira de Dion, como os duetos com Barbra Streisand:"Tell Him", Luciano Pavarotti:"I Hate you then I Love you" e com Bee Gees:"Immortality".

Depois desse bom momento, Céline entrou em uma fase mais complicada. Em 1999, seu marido foi diagnosticado com câncer de laringe e então, ela decidiu parar a carreira por tempo indeterminado para cuidar de René e também ter seu primeiro filho, em 2002.

Imagem de conteúdo da notícia "Artista da Semana: Céline Dion é destaque na programação" #4
Toque para aumentar

Em 2003, Céline Dion estreou em Las Vegas com o espetáculo "A New Day...". O show fez muito sucesso e ficou em cartaz por 5 anos devido a alta procura. O projeto era uma verdadeira superprodução e rendeu à cantora mais de 100 milhões de dólares em lucro.

Em agosto de 2014, Céline Dion anunciou o cancelamento de todos os shows de residência em Las Vegas, assim como a turnê pela Ásia previamente anunciada, para cuidar da saúde de seu marido.

Então, em janeiro de 2016, aos 73 anos de idade, René faleceu vítima de mais um câncer na garganta. E a situação ficou ainda mais difícil para a cantora dois dias após o falecimento do marido. Isso porque enquanto vivia o luto de ter ficado viúva, Céline também perdeu um irmão para a mesma doença que o cônjuge.

Pouco mais de um mês após as perdas, Celine Dion voltou aos palcos em Las Vegas, nos Estados Unidos. A emoção tomou conta da apresentação várias vezes, mas o momento mais intenso foi durante a música "All By Myself", onde a estrela não conseguiu terminar o hit, caindo no choro e sendo ovacionada pelo público.



Em 2019, Céline lançou“Courage”, seu 27º álbum de estúdio. Ao fim do ano, a cantora iniciou a turnê mundial desse projeto, mas teve que ser adiada por conta da pandemia do Covid-19.

De lá para cá, essa turnê nunca aconteceu por completo porque mesmo após a melhora da situação do Coronavírus, a saúde da própria Céline Dion sofreu baques.

No começo de 2022, a artista cancelou aturnêde vez por espasmos musculares frequentes que acarretaram em dores no corpo, impedindo a artista de estar no palco.

Apesar disso, ela prometeu uma turnê europeia para o verão de 2023, mas mais uma vez, isso não aconteceu. No final de 2022, Céline apareceu em suas redes sociais, em um vídeo bem emotivo e melancólico, onde ela confirma o diagnóstico de “Síndrome da Pessoa Rígida”.

Com isso, os shows foram jogados para 2024 mas ainda estão passíveis de cancelamento e Céline demonstrou muito sofrimento em estar há tantos anos afastada dos palcos e do público.

Atualmente, aos 55 anos de idade, Céline Dion se consagra como uma das maiores artistas de sua geração e uma verdadeira diva da música.


Veja também: CÉLINE DION COMPLETA 55 ANOS: CONFIRA A HOMENAGEM ESPECIAL DA ANTENA 1

FUTURE NOSTALGIA: ÁLBUM DE DUA LIPA COMPLETA 3 ANOS DE LANÇAMENTO


Últimas Notícias

  1. Home
  2. noticias
  3. artista da semana celine dion …

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.

257bet Mapa do site